// elergone custom
Rotulagem de Energia - Elergone Energia
17304
page,page-id-17304,page-template,page-template-full_width-php,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-5.6,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.4,vc_responsive

ROTULAGEM DE ENERGIA

De onde vem a nossa energia?

A promoção da sustentabilidade ambiental associada ao consumo de energia elétrica é uma responsabilidade de todos os intervenientes do processo. Para poder utilizar a energia de forma consciente, é essencial conhecermos a sua origem.

electricity_2

MIX de Produção de 2017

chart_mix_producao_2017

FATORES DE EMISSÃO 2017

CO2 – 504,1 g/kWh

RRAA – 29,2 µg/kWh

MIX de Produção dos Últimos Meses

chart_mix_producao_ultimos_meses_24

RSU = Resíduos Sólidos Urbanos

CO2 = Dióxido de Carbono

RRAA = Resíduos Radioativos de Alta Atividade

anna-jimenez-calaf-37305

Impacte Ambiental

O consumo de energia elétrica no mundo tem ganho relevância face a outras formas de energia.

Esta tendência resulta do facto de a energia elétrica ser das mais fáceis de produzir através de fontes renováveis.

As fontes renováveis, tais como a energia hídrica, solar ou eólica, funcionam como uma ferramenta para redução das emissões de CO2 e permitem, em alguns casos, que a produção ou aproveitamento da energia sejam feitas localmente, junto do consumidor, evitando investimentos em infraestruturas de transporte e as perdas resultantes deste transporte.

Contudo, a energia produzida através destas fontes pode também ter um impacto negativo na paisagem, na fauna e na flora local, seja pela criação de sombras, ruídos ou alteração dos ecossistemas, entre outros. Existe uma preocupação muito grande em reduzir estes impactos, pelo que são realizados vários estudos de forma a apurar os locais e projetos onde os referidos impactos são menores.

Esta realidade contrasta com a utilização de energias fósseis, uma vez que genericamente estas têm de ser extraídas, transportadas, processadas e a maior parte das vezes, produzidas em larga escala, com a consequente necessidade de transporte e distribuição.

Este tipo de fontes é também caracterizada pelo impacto negativo que causa no ambiente, com efeitos locais e globais. Contribuem para a poluição do ar através da emissão de dióxido de carbono e outros gases, responsáveis pelo efeito de estufa e consequentemente pelo aquecimento global. São também responsáveis pela emissão de outros gases, como o óxido de azoto ou o enxofre, que estão na origem de chuvas ácidas.

Logo-ERSE

Para informação sobre os métodos e fontes de calculo Visitar Página da ERSE